WEB E-Lixo(Lixo Eletrônico)

Home

Elementos Químicos

E-lixo impacto na sociedade

Reciclagem

Leis de Amparo

Caminho do E-lixo

Comentários

Programas com intenção de reciclagem !

            Consulta às empresas fabricantes de materiais eletrônicos

           Foi realizada a consulta por contato telefônico e contato eletrônico com as principais empresas dos fabricantes de materiais eletrônicos. Os resultados sobre a coleta de material de descarte eletrônico estão explicitados abaixo.

           Empresas fabricantes de equipamentos de informática e sua posição quanto ao recebimento de equipamentos fora de uso:

As saídas para o descarte do lixo eletrônico

           Ao passo que uma grande quantidade de resíduos são gerados pela sociedade de consumo, muitas saídas têm sido tomadas para o descarte desses materiais.
           a) Armazenamento: é uma medida tomada por muitos órgãos governamentais e empresas. Armazenar os materiais de origem eletrônica de certa maneira gera pouco impacto ambiental, uma vez que estes materiais não entrarão em contato com a natureza. Possibilita também o reuso de algumas peças em outras máquinas que necessitem de manutenção. Entretanto, este posicionamento requer um grande espaço físico, o que gera um custo de armazenagem. A longo prazo esta medida torna-se inviável, devido aos grandes volumes de material que vão sendo gerados.
           b) Descarte em aterros ou lixões: É uma péssima medida, ao entrar em contato com o restante do lixo, entrar em contato com água da chuva, e outras substâncias presentes nesses locais, os materiais podem liberar resíduos altamente tóxicos. Além do mais, o tempo de decomposição dos materiais constituintes de computadores e periféricos pode chegar a milhares de anos. E durante todo este tempo, esses resíduos permanecem liberando toxinas de alto risco para o ambiente. Podem contaminar gravemente o solo e mananciais de água.
           c) Incineração ou queima: Uma medida de alto impacto sobre a natureza. A queima dos materiais eletrônicos causa problemas mais sérios ainda, pois são gerados gases tóxicos e outras substâncias que antes não existiam. É sabido que a queima dos plásticos por exemplo, pode dar origem a dioxinas e furanos, de alto risco para a saúde humana. A exposição dos humanos às dioxinas e furanos possuem alta toxicidade, e pode levar a problemas reprodutivos, problemas no sistema imunológico e é carcinogênico.
           d) Reuso e recondicionamento: Uma decisão acertada. A sociedade que faz uso das tecnologias nota que rapidamente alguns materiais tornam-se obsoletos, sendo “necessária” a aquisição de novos produtos. O recondicionamento dos materiais eletrônicos por parte de pessoas físicas e jurídicas auxilia na diminuição do consumo e por sua vez, na geração de resíduos
           O reuso pode ter um fator inclusive assistencial, entidades de caridade, escolas e outras instituições muitas vezes podem fazer uso de materiais que já se tornaram obsoletos para alguns setores da sociedade. Em vez do descarte, a destinação para esse fim ganha um importante viés social.
           e) Reciclagem: No momento que o recondicionamento e reuso não são opções viáveis e eficientes, a opção mais indicada é a reciclagem dos materiais. A reciclagem diminui o impacto ambiental de forma aguda. Ocorre uma drástica diminuição quanto ao uso de matérias-primas. A quantidade de substâncias que podem ser recicladas em computadores e periféricos é muito grande e torna possível a economia de energia, trabalho e matéria-prima, o que diminui em muito o impacto sobre o meio ambiente do planeta.